RELATAR A SI MESMO: CRÍTICA DA VIOLÊNCIA ÉTICA

Ana Luiza Casasanta Garcia

Resumo


Os escritos Judith Butler muito contribuíram e contribuem para a ampliação de conhecimentos acerca de conceitos como gênero, corpo, sexualidade, performatividade, ética e moral. Filósofa e estadunidense, a teórica nos presenteia com uma obra que discute temas sociais relevantes, trazendo novas formas de se pensar e produzir entendimentos sobre o mundo e nosso tecido social. Esta resenha objetiva introduzir o leitor a um de seus textos, o livro Relatar a si mesmo: Crítica da violência ética,de 2015. Dividido em três capítulos e um prefácio, este livro apresenta uma discussão com reflexões de Adorno, Nietzsche, Foucault, Hegel, Laplanche e Lévinas acerca da ética, do reconhecimento e da responsabilidade humana, pensando a respeito de como somos constituídos na vida social.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Indexadores

A Revista Relicário é indexada nas seguintes bases:

 

 


Revista Relicário - ISSN 2358-8276 - Uberlândia/MG - Brasil