ARTE E VERDADE EM MARTIN HEIDEGGER: considerações sobre a essência da arte como Poema em A Origem da Obra de Arte

Vani Terezinha de Rezende

Resumo


Resumo

O tema proposto nos reenvia a um trecho de Heidegger, inserido em seu ensaio A Origem da Obra de Arte1, no qual a Verdade é colocada como “desocultação”, “desvelamento” que provém de uma dupla abertura: o ser que se abre e se manifesta nos entes e a abertura do homem que a acolhe no sentido de a deixar surgir, sendo essas duas coisas Poema. O presente artigo tem por objetivo fazer um breve esforço de reflexão sobre essa compreensão heideggeriana da obra de arte como atividade poemática, vinculada à linguagem e ao homem, a qual visa ultrapassar uma visão puramente estética da arte. Para isso utilizaremos a tradução francesa, cotejando-a com duas traduções portuguesas, bem como algumas referências sobre o assunto em outras obras do filósofo.

Palavras-chave: Obra de arte. Arte. Verdade. Poema. Linguagem. Homem.

Abstract

The proposed theme evokes us a piece of text from Heidegger, inserted in his essay The Origin of the Work of Art, in which the Truth is put as "unblinding", "unveiling" that comes from a double opening: the Being that opens and manifests in the entities and the opening of the man who welcomes in the sense of leaving arise, being these two things Poem. This article aims to give a brief reflection on this effort Heidegger's understanding of the work of art as poetic activity, linked to language and man, which aims to overcome a purely aesthetic view of art. For this we use the French translation, comparing it with two Portuguese translations, as well as some references about it in other works of the philosopher.

Keywords: Artwork. Art. Truth. Poem. Language. Man. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Indexadores

A Revista Relicário é indexada nas seguintes bases:

 

 


Revista Relicário - ISSN 2358-8276 - Uberlândia/MG - Brasil